NOTÍCIAS

GCM e Setor de Fiscalização realizam vistorias e apuram denúncias de perturbação do sossego

O Setor de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Sorocaba, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), realizou operação para apurar denúncias de perturbação do sossego ou outros tipos de irregularidades em eventos e no funcionamento de estabelecimentos na cidade.

Ao todo, 15 locais, nas Zonas Norte e Oeste, foram vistoriados durante a ação, que teve início às 18h50 de sexta-feira (6) e prosseguiu até 1h40 deste sábado (7).

A operação esteve nos bairros: Jardim Zulmira, Parque  Manchester, Central Parque, Jardim Europa, Jardim Tulipas, Jardim Santa Bárbara, Conjunto Habitacional Júlio de Mesquita Filho, Wanel Ville, Jardim Itanguá, Vila Barão, Jardim Tupinambá e Vila Helena.

Entre os estabelecimentos fiscalizados, cinco estavam fechados no momento da averiguação; quatro não apresentavam irregularidades; três receberam orientações sobre procedimentos adequados de funcionamento; um foi notificado por poluição sonora e outro, por falta de alvará. Um estabelecimento não foi localizado no endereço fornecido.

Ainda durante a madrugada, por volta das 3h40, a GCM atendeu à solicitação de verificação de perturbação do sossego em um estabelecimento em Aparecidinha. No local, havia som alto e cadeiras obstruindo a calçada, sendo que o proprietário foi orientado a encerrar as atividades e o caso encaminhado para o Setor de Fiscalização da Prefeitura.

Como ocorre de forma rotineira, as equipes da GCM, ainda, realizaram ações de patrulhamento preventivo pela cidade, contemplando, inclusive, pontos, como: Parque dos Espanhóis, Parque das Águas, Arena Sorocaba, próprios municipais em Brigadeiro Tobias, Largo São Bento, Praça 9 de Julho, Largo Francisco Eufrásio, “Além-Ponte”, Praça Frei Baraúna, Jardim Botânico, Rodoviária, Aparecidinha, Parque Natural da Água Vermelha, Praça Frei Baraúna, Novo Cajuru, Policlínica, Centro Esportivo Dr. Pitico, Parque Carlos Alberto de Souza “Campolim”, avenidas Dom Aguirre e Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes.

A Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) e as autoridades policiais contam sempre com o apoio da população, para que as acione e envie informações, em caso de constatação de perturbação do sossego, eventos clandestinos ou outras irregularidades. O contato pode ser feito pelos telefones: 153 (GCM) e 190 (Polícia Militar).