NOTÍCIAS

Prefeito comemora vinda de mais uma comissão da Câmara dos Deputados para vistoriar obras do VLT

O prefeito Emanuel Pinheiro comemorou a vinda de mais uma Comissão da Câmara dos Deputados a Cuiabá para uma vistoria in loco nas obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). O requerimento foi apresentado e aprovado na quarta-feira (1°) pela deputada federal Flavia Moraes (PDT-GO), a partir de articulação do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho). 

Durante a sessão, a comissão aprovou ainda um requerimento ao Tribunal de Contas da União (TCU) solicitando o encaminhamento das decisões, estudos, pareceres e relatórios referentes às obras do VLT / BRT em Cuiabá e Várzea Grande.

No mês passado, a Comissão Permanente de Viação e Transporte da Câmara Federal também aprovou a realização de outra vistoria nas obras do VLT. O requerimento foi apresentado pelo deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) e subscrito pela deputada Christiane de Souza Yared (PP-PR). Além da vistoria técnica, também foi aprovado o acompanhamento do andamento processual no TCU, que determinou ao Governo do Estado a imediata suspensão dos procedimentos administrativos de substituição do VLT pelo Ônibus de Rápido Transporte (BRT). 

Defensor do VLT, o prefeito Emanuel Pinheiro afirmou que vai se reunir com setor produtivo do município para debater sobre a substituição do modal. Além disso, o chefe do Executivo Municipal também quer propor a realização de uma Conferência Intermunicipal para discutir sobre o assunto.

“Determinei ao secretário da Semob, Juarez Samaniego, antes da visita dos deputados federais que o deputado Emanuelzinho solicitou e foi aprovado pela comissão de Viação e Transporte da Câmara Federal, que está prevista para o final de junho, estou propondo uma Conferência Intermunicipal sobre o VLT / BRT em Cuiabá. Vou conversar com o prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat, quero uma conferência correta. Vamos discutir técnicas e falar sobre o que é melhor para a população. Eu defendo o VLT e vou defender tecnicamente e dizer o porquê acho que é o melhor para a população. Vou convidar o Governo do Estado com o mesmo espaço para que venha defender tecnicamente o BRT. Vamos fazer um debate correto, justo e transparente sobre os modais”, disse Pinheiro.