NOTÍCIAS

Sorocaba participa do 1º Simpósio Internacional “Eli Summit” entre os dias 8 e 10

Sorocaba vem se destacando em âmbito nacional, entre outros quesitos, no desenvolvimento econômico e, por isso mesmo, a Prefeitura, por meio do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), recebeu o convite do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para participar do 1º Simpósio Internacional “Eli Summit”, entre os dias 8 a 10 de junho, em Recife (PE). A sigla ELI refere-se a Ecossistemas Locais de Inovação.

O evento tem o objetivo de promover um ambiente de imersão em ecossistemas inovadores internacionais, com dinâmicas que possibilitem inspirar, transferir conhecimento e promover acordos de cooperação, nacionais e internacionais.

A iniciativa reunirá, em um mesmo local, representantes dos principais ecossistemas tecnológicos brasileiros, com a presença de lideranças do campo da inovação, vindas de grandes centros mundiais, tais como Boston (EUA), Barcelona (ESP), Medelín (COL), entre muitos outros. A programação está organizada em palestras, workshops e matchmaking (encontro colaborativo entre empresas e startups), possibilitando a troca de experiências entre os participantes.

“Sorocaba está crescendo a cada dia e vai se destacar ainda mais. Participar de um grande evento, como esse, é mais uma forma de exercer o protagonismo que cabe à nossa cidade, pois projeta o nome de Sorocaba nesse ambiente de desenvolvimento e tecnologia”, ressaltou o prefeito Rodrigo Manga.

Para o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Nelson Cancellara, o evento será um marco. “Fico muito feliz de o Parque Tecnológico poder representar Sorocaba na área de inovação e tecnologia em um evento tão importante e ver que nossa cidade está se destacando mais a cada dia. Esse é um dos papéis que cabem ao PTS, que, atualmente, acolhe cerca de 30 empresas, seis instituições de ensino, 37 startups e continua crescendo”.

Sobre o “Eli Summit”

O simpósio foi idealizado para promover conexões entre os ecossistemas locais de inovação do Brasil com ecossistemas internacionais de referência. O ano de 2021 impulsionou o ELI de maneira expressiva, alcançando 21 UFs e 95 municípios de todas as regiões geográficas brasileiras.