NOTÍCIAS

Prefeito determina apuração de suposta venda de medicamentos em unidades de saúde

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, a secretária municipal de Saúde, Suelen Alliend, protocolou na manhã desta segunda-feira (13), na Delegacia Especializada de Combate à Corrupção uma denúncia sobre possível desvio e comércio de medicamentos em uma unidades de saúde. Ela foi acompanhada pela secretária adjunta da Atenção Secundária, Ádila Andrade, pelo coordenador da Secundária, Wille Calazans e pelo procurador geral adjunto do Município, Allison Akerley. 

Uma denúncia anônima feita por telefone na Ouvidoria Municipal de Saúde de Cuiabá, no final do mês de abril, foi o motivo para o começo da investigação interna. “A secretária Ádila recebeu a denúncia pela Ouvidoria e veio conversar comigo. Eu liguei para o prefeito, que nos chamou imediatamente para uma reunião. Ao saber dos fatos, ele determinou que fizéssemos uma apuração interna e que entregássemos a documentação para a DECCOR investigar”, revelou a secretária Suelen.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, este tipo de situação é inadmissível, por isso solicitou uma investigação interna e a denúncia na DECCOR. “Nós estamos trabalhando incessantemente para oferecermos uma saúde de qualidade para o nosso cidadão. Não podemos admitir de forma alguma que estas coisas aconteçam nas nossas unidades. Nós temos muita responsabilidade com o dinheiro público e com o bem público, por isso determinei essa investigação e a devida punição aos envolvidos”, finalizou.