NOTÍCIAS

ATUALIZADA: Secretaria de Saúde alerta para prevenção contra raiva humana após morte de cachorro; dono do animal precisa comparecer ao HMC com urgência

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância em Saúde, adverte para a necessidade de prevenção contra a raiva humana. A pasta está em alerta devido à morte de um cachorro, que foi diagnosticado positivo para a raiva.

Segundo a gestora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, Moema Blatt, o animal foi encontrado no pátio externo na unidade de Vigilância de Zoonoses – UVZ no dia 27 de abril. Ele foi acolhido e foi a óbito em 4 de maio. O laudo laboratorial, que ficou pronto no dia 14 de junho, indicou teste positivo para raiva. “A pessoa que deixou o animal, bem como outras que tiveram contato com ele podem ter sido contaminadas pelo vírus da raiva”, alertou.

A Vigilância em Saúde orienta que a pessoa que teve contato com o animal compareça com a máxima urgência a Vigilância Epidemiológica do Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, para que seja avaliada e orientada.

“Precisamos que o dono do animal e outras pessoas que tiveram contato com o cachorro nos meses de março e abril deste ano compareçam a Vigilância Epidemiológica do HMC o quanto antes para receber o soro antirrábico. Nosso chamamento é urgente, pois as pessoas podem ter sido infectadas e é imprescindível que elas recebam o soro o mais rápido possível, para evitar que a doença se manifeste”, alertou Moema.

Raiva Humana

A raiva humana, também chamada de hidrofobia, é uma doença viral que compromete o sistema nervoso central (SNC) e pode levar o portador à morte, em 5 a 7 dias após a manifestação dos sintomas.

 

Contato da Vigilância Epidemiológica do HMC 65- 3318 4840.

 

 

ATUALIZADA ÀS 13H20.