NOTÍCIAS

Reunião discutiu mutirão de cirurgias eletivas


Reunião discutiu mutirão de cirurgias eletivas

Por Jornal | 26/06/2022

Em reunião ocorrida na DRS – Departamento Regional de Saúde, o secretário de saúde, Kleber Rosa, participou das discussões a respeito do mutirão de cirurgias eletivas que será realizado no município. A estimativa é que nesse mutirão aproximadamente 450 cirurgias eletivas sejam realizadas na cidade. “O Fundo Municipal de Saúde, que vai gerir os valores recebidos do Governo do Estado para o mutirão e efetuar o pagamento ao prestador de serviço, conforme as cirurgias forem sendo realizadas”, afirmou Kleber. Na cidade, o prestador de serviço será a Santa Casa, que se disponibilizou a realizar 22 tipos de cirurgias previstas no mutirão. Os pacientes que vão passar por essas cirurgias já têm solicitação médica para a realização e estão na fila de espera. O mutirão de cirurgias foi anunciado pelo Governo do Estado em maio para atender a fila de mais de 500 mil cirurgias cadastradas na Central de Regulação (Cross) que aguardam para ser realizadas em todo o estado. A estratégia, com duração prevista para quatro meses, contempla 54 cirurgias ofertadas no Sistema Único de Saúde. São em 7 especialidades: aparelho circulatório, visão, digestivo e abdominais, osteomolecular e geniturinário, das glândulas endócrinas e em nefrologia. O Governo do Estado estima que, sem as ações do mutirão, São Paulo levaria cerca de dois anos para atender toda a demanda reprimida.