NOTÍCIAS

Abusos de menores vinham ocorrendo há 30 dias e vítimas são de famílias muito carentes, afirma delegada


Abusos de menores vinham ocorrendo há 30 dias e vítimas são de famílias muito carentes, afirma delegada

Por Jornal | 27/06/2022

DDM procura identificar outras vítimas e outros suspeitos de participação

Em entrevista ao vivo na Rádio Jornal, a delegada Dra. Denise Polizelli Paro, titular da Delegacia de Defesa da Mulher, informou que o caso de prostituição envolvendo crianças e adolescentes vem sendo investigado há cerca de 30 dias após a delegacia receber denúncias de que estaria ocorrendo festas com aliciamento de menores, com o fornecimento de drogas e álcool as vítimas. Com base nas denúncias, a Polícia Civil iniciou as investigações e conseguiu identificar as vítimas. “As crianças e adolescentes são todas de famílias muito carentes, onde exatamente se viabiliza essa exploração sexual, já que são famílias que necessitam dessa ajuda, dinheiro e amparo. Essa aproximação se viabiliza mediante uma troca pela exploração sexual, e isto agrava as circunstâncias”, afirmou a delegada da DDM, Dra. Denise Paro.