NOTÍCIAS

Em sua 4º edição “Mulheres em Ação”, Secretaria Municipal da Mulher garante acessibilidade para pessoa com deficiência

Com o sucesso que o programa “Mulheres em Ação” tem feito desde maio, cada vez mais famílias procuram pelos serviços oferecidos pela Prefeitura de Cuiabá. E pensando na inclusão da pessoa com deficiência, a primeira-dama Márcia Pinheiro, que foi a idealizadora da ação, convocou a Secretaria Municipal da Mulher e todos os parceiros para que dessem uma atenção especial a este público.

Neste sábado (23), durante a 4º Edição do programa “Mulheres em Ação”, realizado na EMEB Irmã Maria Betty de Souza Pires, uma das prioridades era atender essas pessoas.

Para dona Irene Santina de Souza, que foi até a escola para realizar uma consulta com o oftalmologista, o auxilio que recebeu começou antes mesmo de chegar na escola: uma equipe foi ao encontro dela com cadeiras de rodas e a acompanhou durante todo o atendimento. Ela relembra que está há dois anos esperando uma cirurgia da catarata e por ter limitação na locomoção não conseguia buscar um profissional.

“Isso é uma benção! Quero agradecer a primeira-dama por se lembrar das pessoas mais humildes. Isso mostra que ainda temos no poder pessoas humanas e que olham pelos menos favorecidos”, afirma.

De acordo com a primeira-dama, Márcia Pinheiro, esta é a 4ª edição do programa onde já foram atendidas cerca de 7 mil pessoas e para que os serviços fossem ofertados para todos, foi necessário a capacitação e orientação dos servidores em relação aos portadores de necessidades especiais.

“Fizemos a primeira ação no Complexo do Passaredo, como um projeto piloto e começamos a relacionar quais eram as demandas reais dos moradores e uma das nossas preocupações foi atender este público. Com isso temos a disposição cadeiras de rodas, onde a equipe, se necessário, busca a pessoa dentro do carro e a acompanha até que esteja finalizada todos os atendimentos”, explica.

Segundo a secretária municipal da Mulher, Cely Almeida, a inclusão dos portadores de necessidades especiais deve acontecer em todos os meios, sendo uma forma de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Ela pontua que desde o 1º Mulheres em Ação, já existia uma equipe de prontidão para fazer todo esse acolhimento e orientação para essas pessoas.

“Esse projeto é iniciativa da nossa primeira-dama, que com toda sensibilidade nos pediu para que levássemos para os bairros diversos atendimentos e essa ação tem nos mostrado o quanto as pessoas estavam carentes de atendimentos médicos, assistenciais, dentre outros e principalmente os portadores de necessidades especiais, que possuem além da dificuldade financeira, a falta de acessibilidade”, observa.

A presidente da Associação de moradores do bairro São Carlos, Rosangela Bonfim, salienta a importância desta ação, onde se resume à valorização da pessoa. Ela ainda evidencia que todos os atendimentos são gratuitos e não apenas para as mulheres, mas para toda família.

“Hoje as pessoas estão tendo a oportunidade de receber mais de 50 serviços e todos gratuitamente. Esta ação segue em outras regiões até o final do ano. É válido destacar para que a população se atente quando será realizado o “Mulheres em Ação”, no seu bairro”, finaliza.