NOTÍCIAS

Emanuel anuncia que Brazuca será instalada no Dutrinha após processo de restauração

O prefeito Emanuel Pinheiro anunciou nesta terça-feira (26) que a Brazuca, monumento que representa a bola da Copa do Mundo de 2014, será instalada no Estádio Eurico Gaspar Dutra, o popular Dutrinha. Neste momento, a réplica passa por um processo de restauração realizado por meio do trabalho dos artistas plásticos regionais Regis Gomes e Sued J. Ferreira.

A ação é coordenada pela Empresa Cuiabana de Zeladoria a Serviços Urbanos (Limpurb) e tem como finalidade devolver ao objeto o visual original que foi desgastado com o passar do tempo. Conforme explicado por Emanuel durante a live transmitida em suas redes sociais, ainda será definida uma data para a recolocação da Brazuca.

“É mais um feito histórico envolvendo o nosso Estádio Eurico Gaspar Dutra, que já recebeu, por exemplo, a Taça Jules Rimet, quando o Brasil foi tricampeão mundial no México, em 1970. Agora, o nosso palco de glórias e de uma geração de outro do futebol mato-grossense também terá como uma de suas atrações a Brazuca”, comentou o prefeito.

O monumento ficará no mesmo espaço em que hoje se encontram as esculturas dos eternos craques Fulepa, (Goleiro do Mixto), Avião (zagueiro do Dom Bosco), e Bife (centroavante do Operário de Várzea Grande). Emanuel lembrou ainda que o Estádio Eurico Gaspar Dutra foi totalmente requalificado por sua gestão.

“Nós o requalificamos e entregamos lindíssimo de volta para o seu legítimo dono, que é o povo cuiabano. Ele foi por décadas o principal palco do futebol mato-grossense, que já recebeu os maiores jogadores do Brasil, entre eles Pelé. No ano em que eu nasci, em 1965, o rei do futebol jogou no Dutrinha contra o meu Dom Bosco”, relatou.

De acordo com o cronograma da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos, a previsão é de que o trabalho de restauração da Brazuca seja concluído em até 10 dias. Além da pintura, o processo conta ainda com os serviços de lixamento e recuperação das partes danificadas com massa de revestimento.

A réplica foi construída pela Prefeitura de Cuiabá como símbolo da Copa do Mundo de 2014, que teve a capital mato-grossense como uma de suas subsedes. A bola foi feita de material de fibra, possui aproximadamente dois metros de diâmetro e, desde sua instalação, nunca havia recebido um trabalho de revitalização.