NOTÍCIAS

Idosa que recebeu alta do HMC classifica profissionais da saúde como anjos da guarda

A idosa Pedrosa da Conceição, 76 anos, do município de Rosário Oeste (distante a 100 km de Cuiabá), foi transferida via Central de Regulação para atendimento no Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto-Socorro “Dr. Leony Palma de Carvalho”. Depois de 17 dias internada no HMC, a idosa classifica os profissionais da saúde como anjos da guarda. 

Acompanhada da filha Maria da Conceição, que reside em Lucas do Rio Verde, a idosa recebeu alta médica no dia 19 de julho. “Não sinto mais dor e nem febre. Só tenho a agradecer por todo o cuidado e carinho recebido. Fui até chamada carinhosamente de bebê pelo médico”, contou a idosa.

Segundo ela, a enfermidade tratada foi úlcera estomacal, esofagite, gastrite e uma bactéria no estômago. “Fiquei uma semana internada em uma unidade de saúde do município de Rosário Oeste, mas não descobriram minha enfermidade. Fui encaminhada para o HMC, e aqui fiz vários exames de sangue, realizei também a tomografia e endoscopia. Eu estava com muita dor e febre”, relatou.

Maria da Conceição revelou que a mãe recebeu muito acolhimento por toda equipe. “Em uma das crises de dor da minha mãe, a enfermeira ficou o tempo todo do nosso lado, acalmando e dando suporte, e a equipe médica foi maravilhosa. Agradeço muito, porque a medicação sanou a dor que ela sentia”, disse.

“Encontramos profissionais maravilhosos neste hospital, não temos do que reclamar. Nosso sentimento é de agradecimento por toda a atenção, e principalmente pela descoberta e tratamento com êxito da enfermidade. Agradeço, inclusive, o trabalho do setor de Nutrição. Minha mãe não se alimentava e a nutricionista foi chamada para ajudar no processo alimentar. E eu, como acompanhante, recebi refeições diárias. Achei a comida deliciosa”, completou a filha de Pedrosa.

O diretor-técnico do HMC, Vinicius Gatto, explica que o atendimento imediato é fundamental para salvar vidas e para o diagnóstico de doenças. “Todos os exames devem ser feitos de maneira rápida para auxiliar no diagnóstico e melhor conduta. É importante também o acolhimento médico e multidisciplinar”, destacou. 

Paulo Rós, diretor-geral do HMC, ressalta que o Hospital Municipal de Cuiabá, inaugurado na gestão Emanuel Pinheiro, é uma unidade fundamental para a população da capital e dos municípios do interior. “Nossa estrutura é uma das melhores unidades públicas do país, com equipamentos modernos para a realização de exames de alta complexidade, e tudo 100% via Sistema Único de Saúde – SUS”, pontuou.  

A idosa, mesmo com a alta hospitalar, vai permanecer com acompanhamento médico periódico. “Os cuidados continuam, com mudanças de hábitos alimentares e medicação”, ressaltou Pedrosa, que é casada e mãe de 8 filhos.