NOTÍCIAS

Emanuel pede apoio da população contra depredação de patrimônio público praticado por vândalos

Árvores quebradas, furtos de transformadores, fiação, lâmpadas, e tampas de bueiros, depredação de brinquedos e academias das praças, e pontos de ônibus tomados por poluição visual. Essas são algumas das ações de vandalismo conta o patrimônio público citadas pelo prefeito Emanuel Pinheiro na terça-feira (02), as quais Cuiabá tem enfrentado. 

O último registro foi feito no sábado (30), no estádio Eurico Gaspar Dutra (Dutrinha), onde cerca 20 ipês, com quase três metros de altura, foram danificadas por um indivíduo não identificado. O episódio ganhou repercussão após uma moradora da região filmar e divulgar as imagens da ação inexplicável.

A importância da participação popular no processo de conservação dos bens públicos, como ocorrido nessa situação, foi destacada pelo chefe do Executivo durante a live transmitida em suas redes sociais. Segundo o gestor, a sociedade e o poder público devem atuar juntos para coibir esse tipo de prática.

“A população trabalhadora e responsável precisa nos ajudar. Cuiabá é formada por pessoas honradas e que fazem parte do desenvolvimento econômico e social da cidade. Então, vamos denunciar esse povo que não tem amor por Cuiabá. Filmem com o celular. Façam isso não só com os ipês, mas tudo que é público e que é quebrado por esses vândalos”, disse Pinheiro.

No caso do vandalismo com ipês, o mesmo tipo de situação já ocorreu, por exemplo, nas avenidas Mato Grosso e Fernando Corrêa da Costa, em anos anteriores. Somando as duas vias foram mais de 100 ipês quebrados, depois de obras de revitalização realizadas pela Prefeitura de Cuiabá nos locais.

“A Prefeitura faz um trabalho de melhoria na iluminação, e sempre aparece um para furtar transformador, fiação, e lâmpadas para vender. Os novos abrigos de ônibus que instalamos em toda a cidade, muitos já estão quebrados, cheios de panfletos, sujos. Furtam e quebram até as tampas de bueiros”, pontou o prefeito.